FLAVEAT

Food Law at Vocational Education and Training

FLAVEAT

CONTEXTO

PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR E SEGURANÇA ALIMENTAR

Garantir a proteção do consumidor e a segurança e qualidade alimentar é essencial para salvaguardar a saúde e o bem-estar dos consumidores; assim como permitir-lhes aceder aos mercados nacionais, regionais e internacionais da indústria alimentar, seguindo as normas internacionais para a segurança alimentar e a indústria.

Portanto, o setor da indústria alimentar é considerado um dos setores industriais mais vitais, pois cria oportunidades de emprego, ajuda a combater o desemprego e apoia o desenvolvimento político e económico, uma vez que os produtos destas indústrias são exportados para muitos países em todo o mundo.

Os Operadores das Empresas Alimentares (OESA) precisam de realizar esta formação regularmente para atualizar o conhecimento dos seus funcionários com as mais recentes tecnologias e padrões alimentares internacionais.

Além disso, a utilização da Inteligência Artificial (IA) no setor alimentar é uma área em evolução recente que necessita de funcionários qualificados. A IA está a transformar a indústria ao automatizar tarefas e torná-las mais eficientes. A IA é uma solução perfeita para a indústria alimentar porque melhora todas as práticas operacionais.

O projeto FLAVEaT visa oferecer um programa completo de formação profissional para profissionais empregados no setor alimentar de diferentes cargos e funções (por exemplo, assuntos regulatórios, garantia de qualidade, controlo de qualidade, processamento, etc.). Será também uma formação rentável que incentivará as empresas do setor alimentar a promover a melhoria das competências dos funcionários sem pensar no seu orçamento durante estes tempos difíceis.

O projeto irá utilizar conhecimentos das instituições participantes da UE, que oferecem cursos de Educação e Formação Profissinal (EFP) em legislação alimentar e adaptá-los às necessidades dos prestadores de EFP na Jordânia e na Palestina. Melhorará o nível de competências, aptidões e potencial de empregabilidade dos individuos e dos alunos de EFP, através do desenvolvimento de novas e inovadoras competências de EFP relacionadas com os programas de EFP focados.

OBJETIVOS GERAIS

Cursos EFPC de alta qualidade

Produzir cursos de Educação e Formação Profissional Contínua (EFPC) de alta qualidade, incorporando nos programas de ensino aspetos atualizados de legalização alimentar e questões emergentes relacionadas à alimentação.

Capacidades dos prestadores de EFP

Aumentar as capacidades dos prestadores de EFP, especialmente nos domínios da gestão, governação, inclusão, garantia de qualidade e inovação; e internacionalização.

Competências de EFP

Melhorar os conhecimentos e as competências técnicas, de gestão e pedagógicas dos professores e formadores de EFP.

Nível de competências

Melhorar o nível de competências, aptidões e potencial de empregabilidade dos alunos do EFP no setor alimentar, através do desenvolvimento de programas de ensino do EFP, proporcionando competências essenciais, competências linguísticas básicas e competências de transformação digital.

Inclusão e Diversidade

Envolver proativamente jovens estagiários vulneráveis e focar em formar pessoas que não consistirão em mais do que 2/3 do mesmo género.

Promover a digitalização

Promover a digitalização do EFP para profissionais do setor alimentar.